Cirurgia Plástica em Porto Alegre

Nas últimas décadas, o significativo desenvolvimento da Cirurgia Plástica tem oferecido resultados que antigamente seriam inimagináveis, graças ao surgimento de técnicas mais sofisticadas e seguras.

     A especialidade assumiu uma enorme importância na sociedade moderna, já que uma cirurgia bem executada pode amplificar a autoestima, influenciando os aspectos da vida social, profissional e até pessoal dos pacientes. Enfim, o objetivo da cirurgia plástica é melhorar a qualidade de vida.

     A escolha do cirurgião plástico é uma decisão muito importante, por isto, você deve sempre escolher um cirurgião especializado em Cirurgia Plástica, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). A Cirurgia Plástica no Brasil é referência mundial devido a excelência na formação de seus profissionais.

     Feridas que não cicatrizam, sangram ou estão crescendo, merecem atenção especial. Câncer da pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, teremos os diferentes tipos de câncer.

     A comunidade médica mundial está alarmada com o crescimento da incidência de melanoma (câncer de pele com potencial letal), nos últimos anos. Estudos recentes revelam que a proteção ao sol na infância e adolescência reduz os riscos de câncer de pele. Devemos proteger as crianças desde cedo.

     Faça visitas regulares ao seu Médico. A maioria dos cânceres de pele tem cura quando diagnosticados precocemente. Existem diversos métodos terapêuticos com excelente resultado estético.

     Em caso de dúvida, suspeita ou diagnóstico confirmado de câncer de pele faça uma avaliação que você será prontamente atendido e imediatamente será proposto uma solução terapêutica para o seu problema.

Abdominoplastia

     A Abdominoplastia é um procedimento cirúrgico realizado para eliminar o excesso de pele e gordura abdominal. Mulheres que passaram por gestações ou pacientes que foram obesas frequentemente tem uma quantidade excessiva de pele nessa região como resultado do aumento de volume abdominal.

      Durante a operação, o cirurgião descola a pele do abdômen e a estica para baixo, removendo o excesso.

   Algumas vezes é necessário fazer um reparo aproximando as estruturas musculares no centro do abdômen.

Anestesia

     Normalmente é realizada sob anestesia geral ou peridural.

Operação e Cicatrizes

     A cirurgia leva geralmente de 2 a 3 horas e a cicatriz localiza-se horizontalmente na altura dos pelos pubianos, prolongando-se lateralmente em maior ou menor extensão, de acordo com o tipo de abdômen e a quantidade de pele e gordura a ser retirada.

     Essa cicatriz é planejada para ficar posicionada sob a parte de baixo do biquíni, esta é permanente e não poderá ser alterada de lugar conforme a moda. Haverá também uma cicatriz ao redor do umbigo. A gordura localizada nas regiões laterais do abdômen poderá ser corrigida associando-se a lipoaspiração.

Pós Operatório

•  Observar repouso relativo em casa que irá reduzindo gradativamente até o 30º dia quando será dado alta para as atividades normais;
•  Não levantar peso;
•  Usar curativo sob a cinta elástica;
•  Os pontos serão retirados entre o 8º e o 17º dia;
•  Proibidos banhos de Sol por 90 dias;
•  Alimentação Normal;
•  Usar a cinta elástica ou modelador 24 horas por dia;
•  Evitar banhos de mar e piscina por 30 dias;
•  Exercícios abdominais e outros esportes deverão ser realizados após o 2º mês.

Blefaroplastia (Cirurgia Plástica das Pálpebras)

    Com o passar do tempo, as estruturas palpebrais vão se tornando frouxas, levando a um excesso de pele e protusão das bolsas de gordura que ficam sob as pálpebras.

     O objetivo da cirurgia de pálpebras é a retirada do excesso de pele e gordura, procurando corrigir a flacidez muscular e melhorar o aspecto funcional e o estético.

Anestesia

     A Anestesia pode ser local, local mais sedação ou raramente geral.

Internação

     Geralmente, essa cirurgia é de caráter ambulatorial. O paciente permanece no hospital somente o tempo necessário para recuperar-se da anestesia.

Pós Operatório

     Sempre há formação de edema (inchaço) e equimose (manchas roxas), que podem variar de intensidade. Geralmente desaparece na 1ª semana. Orienta-se o uso de compressas geladas e cabeceira elevada para diminuir o edema. Outro cuidado é evitar o calor e a exposição solar.

Lipoaspiração

     Através da lipoaspiração é retirado o excesso de gordura. Ela melhora a forma e elimina gorduras localizadas que são difíceis de serem corrigidas apenas com exercício físico e dieta. Não é um procedimento para emagrecer. Volumes excessivos de gordura extraídos podem ser nocivos. Para pessoas dentro da faixa de peso ideal que desejam retirar uma quantidade pequena de gordura, a mini lipoaspiração é especialmente indicada. Nesses casos, o procedimento serve para acentuar os contornos do corpo, deixando a silhueta mais harmoniosa.

     A grande vantagem da mini lipoaspiração é uma recuperação mais rápida para pacientes que desejam retirar gordura localizada em apenas uma região do corpo (culote, abdome, cintura ou alguma outra região onde haja acúmulo de gordura).

     A lipoescultura consiste em utilizar a gordura retirada durante a lipoaspiração para preencher depressões ou áreas que necessitem de projeção, como a região glútea.

Anestesia

    Pode ser utilizada anestesia geral, peridural e, eventualmente, local com sedação.

Pós-operatório

     Pós realizar uma cirurgia de lipoaspiração de grande ou pequeno porte é necessário fazer um pós operatório adequado. A fibrose é uma complicação que prejudica muito o resultado. Para evita-la deve ser realizada drenagem linfática e ultrassom com fisioterapeuta.

Prótese de Mama / Silicone (mamoplastia de aumento)

     Os motivos que levam as mulheres a recorrerem para uma cirurgia de aumento das mamas geralmente são: a hipomastia, ou seja, mulheres que apresentam seios pequenos ou que diminuíram após amamentação ou perda severa de peso.

     Na cirurgia o tecido mamário é deslocado e é criado um espaço abaixo ou acima do músculo peitoral, onde é colocada a prótese de silicone. 

Anestesia

     A anestesia pode ser realizado geral, peridural ou local com sedação.

Internação

     Esse procedimento geralmente é ambulatorial, não necessitando internação hospitalar. Existem três tipos de incisões para a inclusão mamária:

  • Via Periareolar: A cicatriz fica em torno da metade inferior da aréola. Há limitações para inclusão da prótese de acordo com o tamanho da aréola da paciente.
  • Via Axilar: A cicatriz é quase invisível, sendo feita nos sulcos axilares e a prótese é colocada, via de regra, debaixo do músculo peitoral.
  • Via Inframamária: É aplicável em todos os casos e a cicatriz fica “escondida” no sulco da mama.

     Há vários tipos de implantes utilizados, mas o mais comum é a prótese de silicone com superfície texturizada, contendo em seu interior silicone em gel altamente coesivo. Atualmente existem vários tipos, formas e tamanhos de prótese que se adaptam aos desejos das pacientes.

     Todas as técnicas cirúrgicas são feitas para que a paciente possa amamentar, caso engravide após a cirurgia. A presença da prótese mamária não causa inconvenientes à investigação de diagnósticos de doenças da mama realizada por meio de exames físicos (palpação), de ultrassonografia e de mamografia.

     Antigamente recomendava-se a troca das próteses a cada 10 a 15 anos. Hoje, como o material da prótese é mais moderno, não há um período específico para a troca. As próteses devem ser retiradas quando apresentam contratura ou em casos de infecção, conforme a avaliação médica.

Pós Operatório
  • Mantenha repouso relativo, evitando esforços;
  • Comunique qualquer anormalidade ou dúvida;
  • Usar sutiã nas 24 horas;
  • Evite movimentos que levantem os braços além da altura do ombro;
  • Evite passar os braços além da linha das costas;
  • Não retirar as fitas de Micropore modeladoras;
  • Não dormir de bruços ou sobre a mama durante este período;
  • Não pegar sol durante 30 dias;
  • Não carregar peso por 60 dias;
  • Não ir a academia ou fazer qualquer tipo de malhação a princípio por 30 dias.

Mamoplastia Redutora

     A Mamoplastia Redutora tem o objetivo de corrigir as mamas muito grandes, que, além do aspecto estético podem estar causando defeitos posturais e dores intensas no pescoço e nas costas. Nessa operação é retirado parte da glândula e da pele excedentes.

Mastopexia

     A mastopexia é um procedimento destinado a corrigir as mamas flácidas ou caídas (ptose), que geralmente ocorrem após uma gravidez ou mesmo após grandes emagrecimentos.

Anestesia

     Normalmente é realizada sob anestesia geral, podendo ser realizada peridural ou local com sedação.

Operação e Cicatrizes

     A cirurgia leva de 2 a 3 horas e as cicatrizes ficarão relativamente escondidas. A cicatriz pode ser em L ou T invertido na parte inferior da mama. Além dessa, haverá uma cicatriz ao redor da aréola que ficará disfarçada pela diferença de cor entre a aréola e a pele normal.

Pós Operatório

     A cirurgia de mama é praticamente indolor sendo tratada com analgésicos comuns. Os cuidados pós operatórios dizem respeito à limitação dos movimentos dos braços, ao uso do soutien apropriado, ao uso de fitas compressivas sobre as cicatrizes por tempo prolongado e evitar exposições ao Sol. Pode haver perda de sensibilidade na área operada e inchaço variáveis.

Cuidados pós operatórios
  • Observar repouso relativo em casa durante 4 a 5 dias que irá reduzindo gradativamente até o 30º dia quando será dada alta para as atividades normais;
  • Não levantar peso;
  • Evitar erguer os braços acima dos ombros pelo maior tempo possível para não forçar as cicatrizes (fazer penteados, lavar os cabelos, apanhar objetos em locais elevados, etc);
  • Evitar dormir de lado ou de bruços;
  • Alimentação Normal;
  • Os pontos serão retirados entre o 8º e o 17º dia;
  • Usar o soutien específico 24 horas por dia;
  • Proibidos banhos de sol por 90 dias;
  • Evitar banhos de mar e piscina por 30 dias;
  • Exercícios físicos e outros esportes deverão ser realizados após o 2 º mês.

Otoplastia

     A orelha de abano é o defeito estético mais comum da orelha, muitas vezes de caráter familiar e constitui-se numa identificação negativa pelo fato de poder gerar ponto de piadas e gozações na infância. Isto pode ocasionar marcas profundas no comportamento e desenvolvimento psicológico da criança.

     A cirurgia para correção de orelha de abano (otoplastia) pode ser realizada na infância, comumente no início da idade escolar, período em que a orelha já definiu o seu crescimento.

Anestesia

     Em crianças muito pequenas e ansiosas opta-se pela anestesia geral. Já em crianças maiores opta-se por anestesia local com ou sem sedação.

Tempo de Internação

     O paciente pode receber alta no mesmo dia ou no dia seguinte da internação, após recuperar-se completamente da anestesia.

Rinoplastia

    Por ser situado no centro da face, o nariz é fundamental para a harmonia e beleza facial. Qualquer alteração da sua forma ou tamanho implica em grande mudança na estética da face.

     A rinoplastia é voltada para a correção das desproporções do nariz, tornando-o mais harmonioso com o restante da face e assim aprimorando a estética facial.

    A cirurgia plástica do nariz pode ser associada com cirurgias que visam a correção da função respiratória (ex. septoplastia, turbinectomia) em pacientes que respiram com dificuldade.

Anestesia

     Local com sedação ou anestesia geral.

Internação

     Geralmente, essa cirurgia é de caráter ambulatorial. O paciente permanece no hospital somente o tempo necessário para recuperar-se da anestesia.

Cirurgia Plástica da Face

    Com o progredir da idade, a pele vai perdendo a sua elasticidade e turgor, levando a flacidez, caracterizada por um excesso de pele na face.

     A força da gravidade, por sua vez, age puxando esse excesso para baixo, fazendo com que aprofundem os vincos da pele.

     O resultado buscado é uma face mais jovem, harmônica e de aparência natural.

Anestesia

      Anestesia Geral. Ou local com sedação.

Internação

     Geralmente, essa cirurgia é de caráter ambulatorial. O paciente permanece no hospital somente o tempo necessário para recuperar-se da anestesia.

Pós-operatório

      Sempre há formação de edema (inchaço) e equimose (manchas roxas), que podem variar de intensidade. Orienta-se o uso de compressas geladas e cabeceira elevada para diminuir o edema.

Drenagem pré e pós-operatória e a sua importância

     Todo tecido submetido a uma cirurgia sofre algum tipo de lesão. Esta lesão precisa ser restaurada. Este processo de restauração recebe o nome de reparação tecidual e ocorre imediatamente após a agressão tecidual. Neste processo encontram-se alterações como edema (inchaço), equimoses (manchas roxas) e formação de tecido cicatricial (fibrose).

  Estas alterações fazem parte do processo de reparo, e são tratadas fisioterapicamente, uma vez que trazem disfunções para os tecidos em questão.

     A fisioterapia atuará prevenindo e tratando tais alterações, possibilitando uma recuperação mais rápida e evitando períodos longos de limitações.

     É importante que o tratamento seja realizado por um profissional de fisioterapia especializado na área de dermato-funcional e tenha experiência em pré e pós cirurgias e em procedimentos de medicina estética utilizando aparelhos de última geração para cada caso e procedimento específico.

Tratamento
  • Drenagem Linfática: É uma técnica em que são realizados movimentos com suavidade, baixa intensidade de pressão e ritmo constante, com o objetivo de tratar patologias diferentes, reabsorvendo edema, hematomas e removendo impurezas do corpo. É extremamente importante para um bom resultado da cirurgia plástica e também em procedimentos de medicina estética.
  • Ultrassom: Equipamento que emite ondas sonoras (vibrações mecânicas), enquadradas nas frequências 3MHz. Na área da estética utiliza-se o tratamento com ação analgésica, anti-inflamatória e antiedematosa, auxiliando na quebra de fibroses acumuladas no tecido conjuntivo dérmico (micromassagem celular).
  • Manthus: É o único com o exclusivo cabeçote Tripolar com correntes Estéreo-Dinâmicas (Eletrolipoforese). O exclusivo cabeçote Tripolar gera ultrasom e correntes estéreo-dinâmicas ao mesmo tempo, permitindo que o tratamento seja mais rápido e efetivo. Ele é especialmente importante em pós-operatório de pacientes que tenham tendência a formar fibroses de difícil tratamento.

Se você acabou de fazer lipoaspiração não esqueça de fazer um bom pós-operatório com uma fisioterapeuta dermato-funcional experiente para não comprometer o resultado da cirurgia. Após 3 dias da realização da cirurgia já se deve fazer o tratamento pós-operatório para evitar fibroses.

Sobre Equipe Excellence

Equipe Excellence focada na Estética Facial e Corporal. Pioneira em Criolipólise e Microblading em Porto Alegre, Larga experiência em Depilação à Laser, além de Especialista em Microagulhamento.